Como contar algo desconfortável ao seu cônjuge

Por Magdiel da Silva em 08/dez/2015 - Sem Comentários | 241 View(s)

Tags: , , ,

Sabemos que na vida Cristã, o namoro serve exclusivamente para que os namorados se conheçam, não fisicamente, mas que conheçam os gosto, costumes, almejos e sonhos. Porém isso não pode parar no namoro. Após o casamento, o marido e a esposa devem continuar buscando se conhecer cada vez mais (Filipenses 2:4), porque é isso que fortalece o amor do casal.

Muitas vezes nesse processo pode surgir algo em que você se sinta desconfortável em falar ou contar ao seu cônjuge. Quando esse sentimento aflorar não deixe de falar, porque isso pode trazer, muitas vezes, distância entre o casal.

Saiba que no casamento, Segredos são tão perigosos quanto mentiras.

Tenha sempre em mente que seu cônjuge é seu companheiro, seu melhor amigo e uma parte de você. E, tudo pode e deve ser resolvido amorosamente e juntos.

Saiba que você sempre pode contar com seu melhor amigo e conversar com ele sem medo nem receio. Independentemente do assunto a ser tratado. Juntos, Marido e Esposa podem eliminar as sensações ruins da conversa.

Muitos erram ao pensar que o que o cônjuge não sabe não afeta o casamento. Pensam que guardar em segredo suas ações e como se não tivesse feito. Todos os segredos existentes entre o casal comprometem todo o “clima” entre ambos gerando sentimentos depreciativos a si próprio. Mesmo que o cônjuge nunca descubra o descomprometimento cria uma barreira entre o casal trazendo resultados negativos para o casal.

Então, como contar se não estou à vontade?

Quando você for contar algo desconfortável, procure um horário e local em que vocês possam conversar sem interrupções.

Busque sempre expressar seus sentimentos claramente e de forma amorosa. Pois, o tom de voz alterado gera desrespeito, brigas e receio.

Não tenha vergonha do que você irá falar ou contar, nem mesmo de pedir ajuda. Se existe alguém em que você pode e deve confiar é em seu cônjuge.

Em outros momentos conversem novamente sobre aquele assunto. Dessa forma poderão analisar melhor a situação e fazendo isso, toda barreira que havia entre vocês aos poucos vais desaparecendo.

Se for necessário perdoar, perdoe. Por que um casamento é constituído pelo perdão. Porém, o perdão não é algo humano, mas sim, divino. Então, busquem sempre orientação divina, orando e consagrando suas vidas a Deus.

Ajoelhem-se todos os dias para agradecer a Deus e pedir orientação e sabedoria para ser um bom Marido e uma boa Esposa.

A maior alegria de um casamento é poder compartilhar seu coração, com todo o amor, anseio, alegrias e tristezas com a pessoa que você ama e que ama você. Por que agora você tem alguém ao seu lado para auxiliar e compartilhar os momentos de alegria e frustrações de sua vida na presença de Deus.

Postagem anterior
Postagem seguinte

Nenhum comentário

Deixe o seu comentário!